Qualidade de vida
vacinação-da-terceira-idade-o-que-muda

Vacinação da terceira idade: O que mudará no dia a dia?

A vacinação da terceira idade já começou em grande parte dos Estados brasileiros, o que traz ao restante da população alívio e esperança, devido a proteção dos grupos de risco. Mas afinal, será que já poderemos voltar a vida “normal”?

De fato, a vacinação é o principal caminho para isso. Entretanto, essa será uma caminhada um pouco longa, ou seja, a vacina ainda não permite que sejam dispensados os cuidados básicos, como uso de máscara, álcool e distanciamento social.

Se você está entre as pessoas que ainda tem dúvidas sobre o que muda com a vacina, nós vamos explicar tudo detalhadamente. Continue lendo!

A imunidade vem imediatamente após a vacinação?

Esse seria o sonho de muitas pessoas, mas não é exatamente assim que acontece. Após ser vacinado, você permanecerá um período desprotegido.

Em outras palavras, a vacina é um estímulo para que o corpo produza imunidade contra o vírus, e leva alguns dias. Mas, quando (e se tiver) contato com o vírus, seu corpo já estará preparado para combatê-lo.

Segundo médicos, leva-se em média de quinze a trinta dias para que o corpo desenvolva pelo menos 90% de imunidade contra o vírus.

Todos quem tomarem a vacina são protegidos?

Provavelmente você já viu em algum jornal ou rede social sobre a porcentagem de eficácia das vacinas contra a Covid-19. Mas vamos relembrar:

  • Pfizer: Primeira vacina aprovada. Nas últimas atualizações sua eficácia chegou a 95%;
  • Moderna: Apresentou 94,1% de efetividade na prevenção do Coronavírus;
  • AstraZeneca: Desenvolvida em parceria com a Oxford, chegou a 82,4%;
  • Novavax: Eficácia de 89,3%;
  • Sputnik V: Já a russa, 91,6%;
  • Coronav: Produzida pelo Instituto Butantan, sua eficácia é de 50,38%;
  • Sinopharm: A chinesa apresentou eficiência de 86%.

Apesar do níveis de eficiência terem sido aprovados pelos órgãos competentes de cada país, há pessoas que podem não desenvolver anticorpos suficientes para combater o vírus.

Isso ocorre devido a fatores genéticos, não uma falha na vacina. Vale ainda ressaltar que, as probabilidades são muito baixas, então não é um fator que deve gerar preocupação.

Quem já teve coronavírus precisa se vacinar?

Segundo cientistas, por se tratar de um vírus novo, as pesquisas são muito recentes e ainda não é possível identificar se quem já teve o vírus, se torna imunizado. Portanto, o recomendado é que se tome a vacina sim.

Estima-se que alguns infectados conseguem manter os anticorpos após a doença por 3 a 5 meses no corpo. Em contrapartida, há pessoas que se reinfectaram rapidamente. Novos estudos estão sendo realizados.

Por que mesmo com a vacina, a máscara e o álcool em gel ainda precisam ser usados?

Levando em consideração as perguntas anteriores e sabendo que, algumas pessoas podem não responder a vacina e somente grupos prioritários estão recebendo, a proteção ainda se faz necessária até que pelo menos 80% da população total esteja imunizada.

Essa porcentagem representa que o vírus está controlado e que a taxa de contágio está baixa. Somente nesse cenário, estaremos seguros para deixar as máscaras de lado.

Não se esqueça de repassar essa informação!

Então, o que muda após a vacinação da terceira idade?

A vacinação desse grupo representa segurança para os grupos de risco e aumenta as chances de controle do vírus, afinal, quanto mais vacinados, menor o número de novos contágios.

Mas, em relação as normas e restrições, por enquanto nada muda. A expectativa é de que nos próximos meses tenhamos estruturas adequadas para produzir e vacinar o restante da população.

Logo, apesar de um novo ano, nossas recomendações continuam as mesmas. Cuide da saúde, pratique exercícios em casa, fique de olho na alimentação, e mantenha-se em segurança junto com a família.

Em breve, estaremos juntos aumentando novamente a presença dos 50+ no mercado de trabalho e levando a onda prateada para todo o Brasil. Enquanto isso, acompanhe nosso blog e fique por dentro das novidades.

Você gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário!

Author

50Mais Courier Sênior

A 50Mais Courier Sênior é uma startup logística especializada em entregas no last mile que utiliza alta tecnologia para promover mais agilidade, eficiência e segurança ao processo de deslocamento de encomendas, garantindo a satisfação dos clientes.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.